Monumentos do Algarve Bons Momentos Promontório de Sagres Património Cultural Imaterial Portal Cultura Portugal Rota Literária do Algarve

Consignação da empreitada de conservação e restauro dos módulos de taipa Almóada do Castelo de Paderne

A Diretora Regional de Cultura do Algarve, Adriana Freire Nogueira, assinou no dia 13 de dezembro, na Câmara Municipal de Albufeira, o auto de consignação da empreitada de conservação e restauro dos módulos de taipa Almóada do Castelo de Paderne, que será executada pela empresa In Situ, Conservação de Bens Culturais, Lda. Em representação da empresa e na qualidade de gerente, o Auto foi assinado por Fátima Llera Blanes. A cerimónia contou com a presença de Carlos Rolo, presidente da câmara Municipal de Albufeira.

O Castelo de Paderne é um hisn, uma pequena fortificação rural hispano-muçulmana do período almóada (2ª metade do século XII e primeiras décadas do século XIII), em cujas muralhas foi utilizado um único e já perdido processo construtivo: a taipa militar. O processo consistia em amassaduras de terra local, acrescidas de inertes e estabilizadas com cal aérea (numa percentagem de 12% a 15%), que eram compactadas, entre taipais, por apisoamento. O bloco ou módulo obtido, uma vez exposto a prolongada carbonatação, adquiriu a resistência de pedra com que chegou a nós.

15 dezembro 2022