• Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: A.C.T.A.

    Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: A.C.T.A.

  • Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: A.C.T.A.

    Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: A.C.T.A.

  • Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: A.C.T.A., Sul Informação

    Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: A.C.T.A., Sul Informação

  • Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: Postal do Algarve

    Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: Postal do Algarve

Página Inicial Monumentos do Algarve Bons Momentos Promontório de Sagres Prémio Regional Maria Veleda

Artigo 1.º
O Prémio Regional Maria Veleda é uma iniciativa da Direção Regional de Cultura do Algarve. Com esta distinção propõe-se destacar e reconhecer o mérito de personalidades algarvias cujo longo percurso cultural e cívico as tenha revelado como protagonistas de intervenções particularmente relevantes e inovadoras na Região. O prémio pretende também inscrever-se no âmbito da resposta às medidas previstas no programa “Mulheres criadoras de cultura”, preconizadas no V Plano Nacional para a Igualdade de Género, Cidadania e não Discriminação, a decorrer no período de 2014-2017. Assim, o Prémio Regional Maria Veleda enquadra projetos e atividades que se destaquem:
  1. no âmbito da cidadania e igualdade de género, ou no combate à exclusão social;
  2. no combate à desertificação do interior da região;
  3. na educação pela arte;
  4. na valorização do património imaterial - preservação das tradições, memórias e identidade;
  5. na revitalização dos núcleos e edifícios históricos;
  6. no desenvolvimento de projectos multidisciplinares, multiculturais e, ainda, projetos em rede.
Artigo 2.º
  1. Qualquer pessoa ou instituição regional, pública ou privada, poderá enviar propostas de candidatura ao Prémio para a Direção Regional de Cultura do Algarve - Rua Professor António Pinheiro e Rosa, n.º 1, 8005 – 546 FARO.
  2. Não são consideradas candidaturas autopropostas.
  3. As propostas deverão dar entrada até ao dia 15 de setembro.
  4. As propostas de candidatura deverão ser apresentadas através do preenchimento do impresso à disposição dos proponentes na morada indicada no ponto anterior ou em www.cultalg.pt
  5. As propostas de candidatura poderão ser acompanhadas de toda a documentação considerada útil pelos proponentes.
  6. Os originais que integrarem a documentação não serão devolvidos.
Artigo 3.º
Aos membros do júri é interdita a apresentação de propostas de candidatura.
O Júri terá plena liberdade para eleger uma das propostas de candidatura rececionadas.
Artigo 4.º
  1. A decisão sobre a atribuição do Prémio será da competência do Júri, constituído pelas seguintes individualidades, com mandato de dois (2) anos:
    • Alexandra Rodrigues Gonçalves — Diretora Regional da DRC Algarve
    • Ana Paula Amendoeira — Diretora Regional da DRC Alentejo
    • António Branco — Reitor da UAlg.
    • Idálio Revez — Jornalista
    • José Carlos Barros — Arqt.º Paisagista
    • Lídia Jorge — Escritora
    • Mirian Nogueira Tavares — Professora e Investigadora
    • Natividade Monteiro — Professora e Investigadora
    • Paulo Cunha — Professor
  2. O Presidente do Júri é eleito de entre os jurados, cabendo-lhe, entre outras funções que se mostrem necessárias, a direção dos trabalhos do Júri.
  3. O Júri será secretariado por técnico superior da DRC Algarve, que redigirá a ata das sessões.
  4. As deliberações dos Júri serão tomadas com a presença de, pelo menos, sete (7) membros.
  5. As deliberação do Júri consideram-se adotadas se votadas por maioria absoluta dos jurados, cabendo ao Presidente o voto de qualidade em caso de empate.
  6. A divulgação pública do galardoado é obrigatoriamente realizada pela DRC Algarve, após a reunião decisória do Júri, nos meios de divulgação considerados apropriados.
Artigo 5.º
  1. O prémio não pode ser dividido.
  2. O Prémio é constituído por uma medalha comemorativa e uma dotação em dinheiro. Este ano, tem o valor de 5.000,00€, sujeito aos impostos legais em vigor à data de atribuição.
Artigo 6.º
O Prémio Regional «Maria Veleda» será entregue à personalidade galardoada, ou seu/sua representante, em cerimónia pública e solene.
Regulamento publicado em Diário da República, 2.ª série,  N.º 100 de 24 de maio de 2017


<< Regressar