• Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: A.C.T.A.

    Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: A.C.T.A.

  • Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: A.C.T.A.

    Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: A.C.T.A.

  • Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: A.C.T.A., Sul Informação

    Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: A.C.T.A., Sul Informação

  • Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: Postal do Algarve

    Teatro Lethes - 11/12/2016. Fotografia: Postal do Algarve

Página Inicial Monumentos do Algarve Bons Momentos Promontório de Sagres Prémio Regional Maria Veleda

Artigo 1.º
O Prémio Regional Maria Veleda é uma iniciativa da Direção Regional de Cultura do Algarve. Com esta distinção propõe-se destacar e reconhecer o mérito de personalidades algarvias cujo longo percurso cultural e cívico as tenha revelado como protagonistas de intervenções particularmente relevantes e inovadoras na Região. O prémio pretende também inscrever-se no âmbito da resposta às medidas previstas no programa “Mulheres criadora de cultura”, preconizadas no V Plano Nacional para a Igualdade de Género, Cidadania e não Discriminação, a decorrer no período de 2014-2017. Assim, o Prémio Regional Maria Veleda enquadra projetos e atividades que se destaquem:
  1. no âmbito da cidadania e igualdade de género, ou no combate à exclusão social;
  2. no combate à desertificação do interior da região;
  3. na educação pela arte;
  4. na valorização do património imaterial - preservação das tradições, memórias e identidade;
  5. na revitalização dos núcleos e edifícios históricos;
  6. no desenvolvimento de projectos multidisciplinares, multiculturais e, ainda, projetos em rede.
Artigo 2.º
  1. Qualquer pessoa ou instituição regional, pública ou privada, poderá enviar propostas de candidatura ao Prémio para a Direção Regional de Cultura do Algarve - Rua Professor António Pinheiro e Rosa, n.º 1, 8005 – 546 FARO.
  2. Não são consideradas candidaturas autopropostas.
  3. As propostas deverão dar entrada até ao dia 09/09/2016.
  4. As propostas de candidatura deverão ser apresentadas através do preenchimento do impresso à disposição dos proponentes na morada indicada no ponto anterior ou em www.cultalg.pt
  5. As propostas de candidatura poderão ser acompanhadas de toda a documentação considerada útil pelos proponentes.
  6. Os originais que integrarem a documentação não serão devolvidos.
Artigo 3.º
Aos membros do júri é interdita a apresentação de propostas de candidatura.
O Júri terá plena liberdade para eleger uma das propostas de candidatura rececionadas.
Artigo 4.º
  1. A decisão sobre a atribuição do Prémio será da competência do Júri, constituído pelas seguintes individualidades, com mandato de dois (2) anos:
    • Alexandra Rodrigues Gonçalves — Diretora Regional da DRC Algarve
    • Ana Paula Amendoeira — Diretora Regional da DRC Alentejo
    • António Branco — Reitor da UAlg.
    • Idálio Revez — Jornalista
    • José Carlos Barros — Arqt.º Paisagista
    • Lídia Jorge — Escritora
    • Mirian Nogueira Tavares — Professora e Investigadora
    • Natividade Monteiro — Professora e Investigadora
    • Paulo Cunha — Professor
  2. O Presidente do Júri é eleito de entre os jurados, cabendo-lhe, entre outras funções que se mostrem necessárias, a direção dos trabalhos do Júri.
  3. O Júri será secretariado por técnico superior da DRC Algarve, que redigirá a ata das sessões./li>
  4. As deliberações dos Júri serão tomadas com a presença de, pelo menos, sete (7) membros./li>
  5. As deliberação do Júri consideram-se adotadas se votadas por maioria absoluta dos jurados, cabendo ao Presidente o voto de qualidade em caso de empate.
  6. A divulgação pública do galardoado é obrigatoriamente realizada pela DRC Algarve, após a reunião decisória do Júri, nos meios de divulgação considerados apropriados.
Artigo 5.º
  1. O prémio não pode ser dividido.
  2. O Prémio é constituído por uma medalha comemorativa e uma dotação em dinheiro. Este ano, tem o valor de 5.000,00€, sujeito aos impostos legais em vigor à data de atribuição.
Artigo 6.º
O Prémio Regional «Maria Veleda» será entregue à personalidade galardoada, ou seu/sua representante, em cerimónia pública e solene.
Regulamento publicado em Diário da República, 2.ª série,  N.º 103 de 30 de maio de 2016

Declaração de retificação n.º 646/2016 - Diário da República n.º 114/2016, Série II de 2016-06-16

<< Regressar