• Fortaleza de Sagres | Foto Vanda Oliveira

    Fortaleza de Sagres | Foto Vanda Oliveira

  • Fortaleza de Sagres

    Fortaleza de Sagres

  • Fortaleza de Sagres | Foto: Vasco Celio

    Fortaleza de Sagres | Foto: Vasco Celio

  • Fortaleza de Sagres

    Fortaleza de Sagres

  • Ruínas Romanas de Milreu | Foto Adriana Nogueira

    Ruínas Romanas de Milreu | Foto Adriana Nogueira

  • Mosaico das Ruínas Romanas de Milreu

    Mosaico das Ruínas Romanas de Milreu

  • Casa Rural de Milreu

    Casa Rural de Milreu

  • Ruínas Romanas de Milreu

    Ruínas Romanas de Milreu

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe - Foto: Vanda Oliveira

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe - Foto: Vanda Oliveira

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe | Foto Lenea Andrade

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe | Foto Lenea Andrade

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

Monumentos do Algarve Bons Momentos Promontório de Sagres Património Cultural Imaterial Portal Cultura Portugal

Medidas de Apoio às Orquestras Regionais

As Orquestras Regionais também irão beneficiar de medidas extraordinárias de apoio, no âmbito da Direção-Geral das Artes, em linha com o conjunto de medidas anunciadas recentemente para responder ao atual contexto pandémico, garantindo-se:

  • o prolongamento do apoio por mais um ano (2022);
  • o reforço do apoio em 150 mil euros a cada uma das orquestras, em 2021 e 2022;
  • a abertura de novo concurso em 2022.

Continuar a ler...

FAQ | A resposta à pandemia — medidas urgentes e estruturais da

Direção Geral das Artes

"O Ministério da Cultura, ciente da excecionalidade da atual conjuntura e das múltiplas repercussões da pandemia no tecido cultural e artístico, desenvolveu para o ano de 2021 um conjunto de medidas estratégicas com dois objetivos fundamentais: atenuar, a curto-prazo, com caráter de urgência, os efeitos da Covid-19 no campo da Cultura e das Artes; e preparar, numa lógica de médio-prazo e numa ótica estrutural, a introdução de vários instrumentos/mecanismos legislativos e regulamentares relativos ao novo modelo de apoio às Artes, à Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses (RTCP) e ao Estatuto dos profissionais da área da Cultura.

Continuar a ler...

Cancelamento e reagendamento de espetáculos

No quadro da emergência de saúde pública internacional, o Governo aprovou um conjunto de medidas extraordinárias e de caráter urgente, em diversas matérias, tendo presente as recomendações emitidas pela Direção-Geral de Saúde (DGS), enquanto Autoridade Nacional da Saúde Pública, sobre eventos de massas com o objetivo de evitar a propagação do vírus entre um elevado número de pessoas em espaços confinados.

Neste contexto, foi aprovado o Decreto-Lei n.º 10-I/2020, de 26 de março, agora alterado pelo artigo 7.º do Decreto-Lei n.º 6- E/2021, de 15 de janeiro, que estabeleceu medidas excecionais e temporárias de resposta à pandemia da doença COVID-19 no âmbito cultural e artístico, em especial quanto aos espetáculos não realizados.

Continuar a ler...

Apoios Cultura: Novo diploma alarga o Programa APOIAR

Foi publicado em Diário da República Eletrónico a Resolução do Conselho de Ministros nº 4-A/2021 que "alarga o Programa APOIAR, estabelece um programa de apoio ao setor cultural e medidas de apoio ao setor social e solidário".

A Resolução refere que "a situação epidemiológica atual impõe a necessidade de intensificar o apoio ao setor social e solidário e, assim, criar, prorrogar ou reativar um conjunto de medidas de caráter extraordinário, temporário e transitório que apoiem as instituições deste setor".

Continuar a ler...

Esclarecimento da IGAC - Inspeção-Geral das atividades Culturais
sobre realização de ensaios e afins

A Direção Regional de Cultura do Algarve partilha o esclarecimento da IGAC sobre a possibilidade de realização de ensaios no âmbito da preparação de espetáculos culturais, durante o período em que vigore o estado de emergência, cuja regulamentação consta do Decreto n.º 3-A/2021, de 14 de janeiro.

É possível a realização de ensaios?

Continuar a ler...

Resposta à Pandemia – Programa Garantir Cultura

| Apoio Universal | Não Concursal | Fundo Perdido |

O Programa Garantir Cultura, anunciado ontem, destina-se a apoiar entidades coletivas, como empresas e entidades coletivas do setor da cultura (teatros, salas de espetáculo, produtores, promotores, agentes, salas de cinema independentes, cineclubes, associações,…) e pessoas singulares, onde estão incluídos todos os profissionais do setor da cultura.

Continuar a ler...

Encerramento dos Monumentos sob a gestão da DRCAlg

Dando cumprimento às novas regras do Estado de Emergência, no âmbito do Combate à Pandemia do COVID 19, a Direção Regional de Cultura do Algarve informa que a Fortaleza de Sagres, a Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe e as Ruínas Romanas de Milreu vão estar encerradas ao público, a partir de dia 15 de janeiro.

Informamos, ainda, que a DRCAlg assegurará o atendimento presencial por marcação, sendo mantida e reforçada a prestação dos serviços através dos meios digitais e dos centros de contacto.

O normal funcionamento destes monumentos será retomado tão breve quanto as circunstancias o permitam.

Controlar a Pandemia, Proteger as Pessoas. Consulte o site Estamos On

14 de janeiro

 

Controlar a Pandemia, Proteger as Pessoas


Medidas a partir de 15 de janeiro, onde se inclui o encerramento de estabelecimentos culturais.


 

Todas as informações estão em atualização em Estamos on

 
 
24 de janeiro

Abertura de Candidaturas aos Apoios à Ação Cultural 2021

Estão abertas as candidaturas, até dia 8 de Março, para o Programa de Apoio À Ação Cultural (PAACA), da Direção Regional de Cultura do Algarve, destinados a apoiar iniciativas e projetos de agentes culturais associativos locais/regionais, não profissionais, sedeados no Algarve.

O PAACA tem como objetivos centrais o apoio ao desenvolvimento de iniciativas/projetos culturais promovidos por entidades do setor cultural não profissionais, de modo a fortalecer o tecido cultural local com a criação e circulação artística, ao mesmo tempo que estimula e fortalece as relações de trabalho, entre os equipamentos culturais e estes agentes, e ajuda a qualificar os agentes que integram o setor cultural não profissional do Algarve.

Continuar a ler...

DiVaM 2021 abre candidaturas com o tema 
“Património, Comunidade e Inclusão”

 


A Direção Regional de Cultura do Algarve deu início à edição 2021 do DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos – com a abertura de candidaturas, até dia 28 de Fevereiro, de acordo com o seguinte tema: “Património, Comunidade e Inclusão”.

Devido à situação provocada pela pandemia da COVID-19, para o ano de 2021 e a título extraordinário, são elegíveis, no âmbito do Programa DiVaM, as despesas decorrentes de salários, afetos às ações culturais, devidamente justificadas, até ao montante de 15% do apoio total concedido.

Assumindo que o Património deve ser, acima de tudo, um projeto de cidadania e que não pode estar desfasado das pessoas, pretende-se construir uma programação cultural que promova um verdadeiro e honesto diálogo entre as comunidades e os monumentos.

Continuar a ler...

Neste Natal #oferecacultura

A cultura foi dos setores mais afetados pela pandemia. Mas os artistas, autores e profissionais da cultura mostraram força, coragem e resiliência. Vamos retribuir. Ao comprar livros, teatro, cinema, exposições, bilhetes para museus, palácios, monumentos está a contribuir para a recuperação do setor da cultura.
Ofereça esta ideia! #oferecacultura
 
11 de dezembro

9 de dezembro

Ministério da Cultura assina Protocolo para integração
do espólio de Maria Keil

Maria Pires da Silva keil do Amaral, nasceu em Silves, e foi uma das artistas mais destacadas do século XX em Portugal. A sua obra é vasta e diversificada, abraçando a pintura, o desenho, a ilustração, o azulejo, o design gráfico, o mobiliário, a tapeçaria, a cenografia, entre outros. O painel azulejos O Mar, na Avenida Infante Santo, em Lisboa, assim como os painéis de azulejo de muitas estações do Metropolitano de Lisboa são algumas das obras da artista que podem ser contempladas por quem circula na cidade.

O Ministério da Cultura assinou um protocolo com Francisco Keil do Amaral, filho de Maria Keil, para a realização do inventário dos bens culturais que integram o espólio da consagrada artista e o depósito numa instituição museológica nacional da Direção Geral do Património Cultural.

Nos termos deste protocolo, a realização do inventário será complementada com o estudo, a investigação, a conservação, a interpretação e a exibição do espólio da artista, constituído por cerca de duas mil peças que atravessam toda a sua carreira artística, nas áreas de desenho, pintura, azulejo, ilustração, mobiliário e tapeçaria, bem como documentação de arquivo e correspondência, cujo conhecimento se revela fundamental para preservação e divulgação do património artístico nacional.

O trabalho exaustivo de inventário e acondicionamento das peças da coleção será efeito através de uma equipa técnica designada especialmente para o efeito. Cada peça do espólio terá uma ficha informatizada que integrará um conjunto de critérios, desde as denominações/ títulos, descrições ou registos fotográficos.

Após a conclusão do inventário, este espólio de Maria Keil será colocado em depósito numa instituição museológica nacional da DGPC, que diligenciará também todos os atos necessários à investigação, estudo, proteção, conservação, segurança, divulgação, promoção cultural e exibição das peças depositadas, com integral respeito pelos princípios estabelecidos na Lei-Quadro dos Museus.

Sendo um objetivo estratégico do Governo conferir às mulheres artistas a visibilidade e reconhecimento devido pelo seu papel na cultura e história das artes em Portugal, o Ministério da Cultura, através da DGPC, compromete-se ainda a executar programas de investigação e de exposições itinerantes, de modo a dar a conhecer a vida e obra de Maria Keil, em articulação com a estratégia para a exibição das obras de arte que integram a Coleção de Arte Contemporânea do Estado.

Na prossecução deste objetivo, e no âmbito da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, foi já assinado um protocolo entre o Ministério da Cultura e a Fundação Calouste Gulbenkian para a realização de uma grande exposição que tem por base obras de mulheres artistas portuguesas, que será apresentada no Bozar, em Bruxelas, no primeiro semestre de 2021, seguindo, no segundo semestre, para o Centro de Criação Contemporânea Olivier Debré, na cidade francesa de Tours, no âmbito da “Temporada Cruzada Portugal-França”.

Graça Fonseca, Ministra da Cultura, a este propósito afirma que “em pleno século XXI ainda nada está consolidado na igualdade de género. É fundamental, por isso, prosseguirmos com iniciativas e programas que invertam, contrariem ou reequilibrarem o histórico apagamento a que as artistas mulheres e as suas produções estiveram desde sempre sujeitas”.

9 de dezembro

A Direção-Geral das Artes vai apoiar 110 projetos artísticos nos domínios da criação e edição
 
Este ano, a Direção-Geral das Artes irá apoiar 110 candidaturas, correspondendo a um aumento de 104% em relação a 2019 (ano em que foram apoiadas 54). Com uma dotação inicial de 1.700.000 €, esta linha de apoio contou com um reforço financeiro de 720.000 €, anunciado no final do mês passado pela Ministra da Cultura, reforço que veio permitir financiar adicionalmente 33 projetos.
 
No total serão apoiadas 62 candidaturas no domínio da criação (56% do total de candidaturas apoiadas), 34 nos domínios da criação e edição (31%) e 14 no domínio da edição (13%). Relativamente à distribuição por área artística, serão apoiadas 22 candidaturas na área de teatro (20% do total de candidaturas apoiadas), 21 na área de música (19%), 21 na área de cruzamento disciplinar (19%), 19 na área de dança (17%), 11 na área de artes plásticas (10%), 6 na área de fotografia (5%), 5 na área de arquitetura (5%), 2 na área de novos media (2%) e 2 na área de circo contemporâneo e artes de rua (2%).

Consulte a Tabela de Classificação
Consulte as Atas
 
3 de dezembro

Promontório de Sagres Celebra 5.º Aniversário da atribuição
da Marca do Património Europeu

No dia que se celebra o 5.º aniversário da atribuição da Marca do Património Europeu ao Promontório de Sagres, dia 2 de dezembro, a Fortaleza de Sagres acolhe, pelas 11h00, o Laboratório de Dança e Desenho “Rosa-dos-Ventos” com Albina Petrolati, Leonor Morais & Convidados. Durante a realização desta iniciativa serão captadas imagens para a edição de um vídeo promocional do Promontório de Sagres distinguido com a Marca do Património Europeu.

A Marca do Património Europeu é uma iniciativa do Parlamento Europeu e do Conselho da União Europeia que tem como principal objectivo reforçar o sentimento de pertença à União Europeia por parte dos seus cidadãos, em especial dos jovens, com base nos valores e elementos comuns da história e do património cultural, valorizar a diversidade nacional e regional e incrementar o diálogo intercultural.

27 de novembro