• Estação Romana da Quinta da Abicada

    Estação Romana da Quinta da Abicada

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar - edifício tumular "Alcalar 7"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar - edifício tumular "Alcalar 7"

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar – interior do edifício tumular "Alcalar 7"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar – interior do edifício tumular "Alcalar 7"

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar – "Um dia na pré-história"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar – "Um dia na pré-história"

  • Castelo de Aljezur – Torre semi-cilindrica

    Castelo de Aljezur – Torre semi-cilindrica

  • Castelo de Aljezur – Muralha e acesso

    Castelo de Aljezur – Muralha e acesso

  • Ermida de N.S. de Guadalupe e Casa rural

    Ermida de N.S. de Guadalupe e Casa rural

  • Panorâmica da exposição no interior da Casa rural

    Panorâmica da exposição no interior da Casa rural

  • Castelo de Loulé – "Música nos Monumentos"

    Castelo de Loulé – "Música nos Monumentos"

  • Torreões do Castelo de Loulé

    Torreões do Castelo de Loulé

  • Ruínas Romanas de Milreu – Casa rural

    Ruínas Romanas de Milreu – Casa rural

  • Ruínas Romanas de Milreu – Pormenor de mosaico

    Ruínas Romanas de Milreu – Pormenor de mosaico

  • Castelo de Paderne

    Castelo de Paderne

  • Castelo de Paderne – Ruína da Ermida de N.S. da Assunção

    Castelo de Paderne – Ruína da Ermida de N.S. da Assunção

  • Ruína da Ermida de N.S. da Assunção - "Música nos Monumentos"

    Ruína da Ermida de N.S. da Assunção - "Música nos Monumentos"

  • Fortaleza e Promontório de Sagres

    Fortaleza e Promontório de Sagres

  • Capela de N.S. da Graça – "Música nos Monumentos"

    Capela de N.S. da Graça – "Música nos Monumentos"

Monumentos do Algarve Bons Momentos Promontório de Sagres Prémio Regional Maria Veleda Património Cultural Imaterial Portal Cultura Portugal

Cartaz: Workshop de mosaicos romanos em Milreu

Workshop de mosaicos romanos em Milreu

O Programa de Dinamização e Valorização dos Monumentos de 2017 tem uma nova actividade prevista nas Ruínas Romanas de Milreu no próximo dia 21 de outubro. O “Workshop de Mosaicos Decorativos Romanos,” com Sofia Carrusca e Susy Constantino terá lugar entre as 14h30 e as 16h30.

O workshop é organizado e dinamizado pela Associação Alçapão das Memórias, tendo como temática as divindades aquáticas e espécies marinhas associadas ao templo e às termas da Villa Romana de Milreu.

O objetivo é promover a educação pela arte e a valorização do património algarvio, envolvendo a participação ativa das famílias e das comunidades numa aprendizagem multidisciplinar e em atividades criativas, proporcionando o conhecimento das várias técnicas de produção artesanal de mosaicos no período romano e um maior conhecimento sobre o património arqueológico da região.

A participação na atividade é gratuita e no final todos os participantes terão a oportunidade de levar consigo um trabalho original alusivo à temática.

Esta é uma iniciativa do ciclo Mãos no DiVaM do programa de Dinamização e Valorização dos Monumentos da Direção Regional de Cultura do Algarve.

Performance “sem rede”

na Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

Cartz - Performance "sem rede"“Nós nos nós” é um projeto multicultural que terá a sua estreia na Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe (Raposeira/Vila do Bispo) no dia 15 de outubro, pelas 17 horas.

Trata-se de uma performance multidisciplinar, baseada na pesquisa e experimentação como método de trabalho, que se reflete na forma de apresentação “sem rede”. Utiliza movimento, música e voz e tem como ponto de partida a poesia de autores portugueses, austríacos, peruanos e japoneses (haikus).

“Nós nos Nós” é um projeto da Corpo de Hoje - Associação cultural, com Ana Borges, André Rocha, Yuko Kominami e Tomas Tello, que contempla a poesia como ato de elevação espiritual e humana, que traz a reflexão, a existência como prioridade a contrapor o desenraizamento existente e a palavra como materialização de ideias, pensamentos, sentimentos, emoções e reflexões; um questionamento saudável que sustenta o crescimento e a consciência do individual no todo.

Uma ermida que existe desde o século XV e um instrumento seu contemporâneo, o violoncelo, e em contraposição, sonoridades sem instrumento específico, usando diferentes aparelhos eletrónicos representantes da sociedade actual, da tecnologia, radiações telefónicas e radiofónicas, gravações de sons da natureza característica da região do Algarve, nomeadamente a ria, o mar, os barcos, os animais. E por outro lado, a Natureza que se mantém alheia a estes factores globalizantes e que se mantém fiel ao que sempre foi.

“Desfazer os nós que há em nós”

E é neste cruzamento de momentos atuais e antigos, mergulhados nas palavras dos poetas, pensadores, que as sonoridades se misturam, os corpos se movem, e a vida acontece. Preservar a identidade para sobre(viver).

“Nós nos nós” é um projeto integrado no ciclo de artes performativas Patri Per Form do programa DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos – organizado pela Direção Regional de Cultura do Algarve.

“O Lobo Vermelho”

 O conto do Capuchinho Vermelho nas suas várias versões e perspectivas

Cartaz - "O Lobo Vermelho"O Lobo Vermelho, espetáculo de teatro para a infância irá ser apresentado nas Ruínas Romanas de Milreu, no próximo dia 13 de Outubro às 11h. Irão participar turmas do 5º e 6º ano da Escola Emiliano da Costa, em Estoi. O espectáculo inicialmente previsto para 19 de Maio é agora reagendado.

O espetáculo, inovador e contemporâneo, abraça as áreas da narração oral, a música e o teatro, abordando o conto tradicional do Capuchinho Vermelho nas suas várias versões, perspetivas e simbologias, explorando ainda as temáticas da extinção das espécies, dos medos na infância, desenvolvendo laços com a riqueza da narração oral e do perfil da cultura do Algarve.

E tudo acontece num cenário surpresa na linha dos livros pop-up, a partir de um tapete de relva, onde as personagens caminham e interagem e do qual vão saindo flores, casas, árvores, onde dois atores narradores questionam a verdade dos contos, o legado oral e a sabedoria da palavra, conduzidos por um personagem multi-instrumentista que explora o imaginário oral das lengalengas do Algarve com música original, protagonizada por variados instrumentos musicais tradicionais do Algarve.

O Lobo Vermelho é um projeto do Teatro Experimental de Lagos, com Nelda Magalhães, Bruno Batista e Carlos Norton. Esta apresentação integra o programa DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos 2017, programa organizado pela Direção Regional de Cultura do Algarve.

Apoio à Ação Cultural 2017, 2ª abertura

16 de Outubro a 27 de outubro

Dado que o período de receção e análise de candidaturas ao Apoio à Ação Cultural 2017 terminou no passado dia 31 de Agosto e constatando-se que da verba destinada a esse desiderato resultou um remanescente de seis mil euros, informam-se as associações culturais locais, que será aberta uma janela de candidaturas, sujeitas a um apoio máximo por projeto de dois mil euros, na segunda quinzena de Outubro próximo.

A documentação e demais impressos podem ser descarregados de imediato na página Programas de Apoio – Apoio à Ação Cultural.

logociteHD.gifPublicação da Lei n.º 93/2017, de 23 de agosto

Estabelece o regime jurídico da prevenção, da proibição e do combate à discriminação, em razão da origem racial e étnica, cor, nacionalidade, ascendência e território de origem.

 

 

Cartaz

“Do Saber ao Fazer: bioexperiências romanas no ócio”

Ruínas Romanas de Milreu | 1 outubro

Projecto que se iniciou em 2015 nas Jornadas Europeias do Património nas ruínas Romanas de Milreu, o Centro de Ciência Viva do Algarve regressa com: “Do Saber ao Fazer: bioexperiências romanas no ócio” no dia 1 de outubro, entre as 15h e as 17h30, com um programa dedicado ao público em geral, famílias e alunos universitários.

O programa integra: uma apresentação e enquadramento histórico na Época Romana pela arqueóloga Cristina Garcia; demonstração e explicação dos processos de produção de pigmentos romanos pelo coordenador Emanuel Reis; identificação de plantas utilizadas pelos romanos na gastronomia, saúde e cosmética pelas professoras arquitectas paisagistas Sónia Azambuja e Ana Paula Silva; os processos de produção de produtos de cuidado pessoal pelos romanos, será apresentado pelo professor químico Amadeu Brigas; finalmente, uma experiência de sabores (tisanas e infusões) no triclinium romano com a especialista Maria Luisa Francisco.

Campus Ludi será o espaço infanto-juvenil onde as crianças terão a oportunidade de brincar com atividades e jogos relacionados com o evento, com a ciência e com o estilo de vida romano dinamizado pela coordenadora pedagógica Ana Colaço. 
A mercearia Canastra e a Assoc. Barroca farão ainda uma mostra de produtos regionais típicos e/ou contemporâneos produzidos a partir de recursos naturais locais.

“Do Saber ao Fazer – Bioexperiências romanas” é um projeto do Centro de Ciência Viva do Algarve, coordenado por Cristina Veiga-Pires, que conta com o apoio da Universidade do Algarve (Ualg), Requinte Turquesa – Eventos & Serviços, Barroca - Produtos culturais e turísticos, mercearia Canastra (Estói) e Quinta do Barranco Longo.

A participação no evento requer inscrição através de milreu@cultalg.pt.

“Do Saber ao Fazer – Bio experiências romanas” é um projeto integrado no ciclo “DiVaM ao Ar Livre” do DiVaM -Dinamização e Valorização os Monumentos, programa cultural organizado pela Direção Regional de Cultura do Algarve.

 

Contactos:

Direção Regional de Cultura do Algarve

geral@cultalg.pt

Telef. 289 896070

________________________________

Fortaleza de Sagres

fortaleza.sagres@cultalg.pt

Telf.282 620 140

GuadalupeErmida de Nossa Senhora de Guadalupe encerrada amanhã

Informa-se todos os interessados que amanhã, dia 27 de Setembro, a Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe estará encerrada por motivos operacionais e alheios à Direção Regional de Cultura do Algarve.

Agradece-se a compreensão

Pintor Pedro OlayoNOTA DE PESAR

Pintor Pedro Olayo (filho)

O Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, manifesta o seu profundo pesar pela morte do pintor Pedro Olayo (Filho), que se destacou essencialmente como espatulista e aguarelista, dentro de um registo paisagístico, com vistas urbanas, campestres ou marinhas, por vezes retratando gentes nos seus labores e lugares pitorescos.

O seu trabalho, fortemente influenciado por grandes mestres europeus da pintura impressionista, aliado ao seu olhar curioso e insatisfeito, à experimentação e à permanente investigação, inspiraram a sua obra e consagraram-no no mundo das artes.

À família enviam-se sentidas condolências.

Lisboa, 25 de setembro de 2107.

 

João Ferreira RosaNOTA DE PESAR

João Ferreira-Rosa

O Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, expressa o seu profundo pesar pela morte do fadista João Ferreira-Rosa.

O seu trabalho foi notável na criação, na preservação e na promoção do fado tradicional. Enquanto autor e intérprete, eternizou canções. Enquanto proprietário de um espaço de espetáculos, eternizou o fado, dando voz a inúmeros artistas. João Ferreira-Rosa perpetuou o património de uma das artes mais portuguesas.

À família enviam-se sentidas condolências.

Lisboa, 25 de setembro de 2107.

Património de Turismo - Alexandra Rodrigues

Dia Mundial do Turismo - 27 de setembro

Apresentação do livro "Património e Turismo – o poder da narrativa” de José Manuel Figueiredo Santos por Alexandra Rodrigues Gonçalves, Diretora Regional de Cultura do Algarve.

Local: Biblioteca Municipal de Faro António Ramos Rosa

Entrada Livre

cartazExposição Perspectivas “37º05`42,73”N 007º54º`13,85”W”

RUÍNAS ROMANAS DE MILREU
22 de setembro a 26 de novembro

A exposição Perspectivas “37º05`42,73”N 007º54º`13,85”W” constituirá o evento de abertura das comemorações. A inauguração com início às 17 horas contempla a apresentação do filme “O Mundo de Milreu”. O projeto dá a conhecer as perspectivas de vários artistas dos 5 continentes sobre Milreu que se constitui o epicentro de uma manifestação artística à escala global. Um projeto de Nuno Murta e Carlos Norton da Associação Fungo Azul.

 

cartaz “Sons Daqui”

JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO nos Monumentos do Algarve
PATRIMÓNIO NATUREZA
Pessoas - Lugares - Histórias

MONUMENTOS MEGALÍTICOS DE ALCALAR
22 de setembro

Os “Sons Daqui”, por SONDA, um projeto de Pedro Glória, apresentado por Rizoma Lab - Associação Cultural, entre as 19h18 e as 21h. Trata-se de uma intervenção multimédia em formato de instalação/performance audiovisual, que os elementos recolhidos partem de uma abordagem direta à comunidade que habita em torno do monumento, e serão integrados em tempo real na experiência sensorial, sonora e auditiva, desenhada especificamente para este monumento. Coincidindo com o equinócio de Outono será o momento ideal para observar o pôr-do-sol e o céu estrelado. Conta com o apoio do Museu Municipal de Portimão.

Entrada livre e participação gratuita.
No dia 24 de setembro a entrada é gratuita em todos os monumentos.

cartaz “Castelo e História de Loulé”

JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO nos Monumentos do Algarve
PATRIMÓNIO NATUREZA
Pessoas - Lugares - Histórias

CASTELO DE LOULÉ
23 de setembro

Na Alcaidaria do Castelo de Loulé, irá acontecer o projeto “Castelo e História de Loulé”. O programa inicia-se pelas 16horas com a apresentação da Lenda da Moura de Cássima, pelo Teatro Análise de Loulé – Casa da Cultura, seguido de um atelier para crianças inspirado na lenda (16h15). Pelas 17horas terá início a palestra “O Castelo e a História de Loulé” por Luis Palma, seguida de um passeio pelo Centro Histórico (18horas). Projeto da Almargem – Associação de Defesa do Património Cultural e Ambiental do Algarve com o apoio da Câmara Municipal de Loulé.

Entrada livre e participação gratuita.
No dia 24 de setembro a entrada é gratuita em todos os monumentos.

cartaz“Jangada de Pedra”

JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO nos Monumentos do Algarve
PATRIMÓNIO NATUREZA
Pessoas - Lugares - Histórias

ERMIDA DE NOSSA SENHORA DE GUADALUPE
24 de setembro

O ciclo de música ibero atlântica “Jangada de Pedra” irá ser apresentado pelas 17 horas com o concerto Mundi | Do barroco ao Jazz.
João Pedro Cunha (violino) e Zoran Stojanovic (guitarra) com créditos firmados no panorama nacional e internacional propõem um programa verdadeiramente globalizante. Partindo da profundidade e emoção contida do pai Johann Sebastian Bach, culminarão na virtuosidade expansiva do jazz da tradição de Grapelli e Venuti. Um projeto da Academia de Música de Lagos.

Entrada livre e participação gratuita.
No dia 24 de setembro a entrada é gratuita em todos os monumentos.

cartaz“Do Saber ao Fazer: Bioexperiências Romanas no Labor"

JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO nos Monumentos do Algarve
PATRIMÓNIO NATUREZA
Pessoas - Lugares - Histórias

RUÍNAS ROMANAS DE MILREU
24 de setembro

“Do Saber ao Fazer: Bioexperiências Romanas no Labor”, irá acontecer entre as 15h e as 17h30.
O projeto pretende dar a conhecer o estilo de vida dos romanos que habitaram este local, assim como as técnicas e conceitos científicos por eles aplicados. Haverá actividades de pintura em revestimento de cal, identificação de recursos marinhos utilizados pelos romanos, processos de produção de ingredientes e unguentos, com um espaço infanto-juvenil e mostra de produtos regionais. 
Projeto do Centro de Ciência Viva do Algarve, Universidade do Algarve, Barroca e Requinte Turquesa. 


A participação neste projeto requer inscrição através de milreu@cultalg.pt.