• Estação Romana da Quinta da Abicada

    Estação Romana da Quinta da Abicada

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar - edifício tumular "Alcalar 7"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar - edifício tumular "Alcalar 7"

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar – interior do edifício tumular "Alcalar 7"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar – interior do edifício tumular "Alcalar 7"

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar – "Um dia na pré-história"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar – "Um dia na pré-história"

  • Castelo de Aljezur – Torre semi-cilindrica

    Castelo de Aljezur – Torre semi-cilindrica

  • Castelo de Aljezur – Muralha e acesso

    Castelo de Aljezur – Muralha e acesso

  • Ermida de N.S. de Guadalupe e Casa rural

    Ermida de N.S. de Guadalupe e Casa rural

  • Panorâmica da exposição no interior da Casa rural

    Panorâmica da exposição no interior da Casa rural

  • Castelo de Loulé – "Música nos Monumentos"

    Castelo de Loulé – "Música nos Monumentos"

  • Torreões do Castelo de Loulé

    Torreões do Castelo de Loulé

  • Ruínas Romanas de Milreu – Casa rural

    Ruínas Romanas de Milreu – Casa rural

  • Ruínas Romanas de Milreu – Pormenor de mosaico

    Ruínas Romanas de Milreu – Pormenor de mosaico

  • Castelo de Paderne

    Castelo de Paderne

  • Castelo de Paderne – Ruína da Ermida de N.S. da Assunção

    Castelo de Paderne – Ruína da Ermida de N.S. da Assunção

  • Ruína da Ermida de N.S. da Assunção - "Música nos Monumentos"

    Ruína da Ermida de N.S. da Assunção - "Música nos Monumentos"

  • Fortaleza e Promontório de Sagres

    Fortaleza e Promontório de Sagres

  • Capela de N.S. da Graça – "Música nos Monumentos"

    Capela de N.S. da Graça – "Música nos Monumentos"

Página Inicial Monumentos do Algarve Bons Momentos Promontório de Sagres Prémio Regional Maria Veleda

Prémio Nacional do Artesanato 2017

Encontra-se a decorrer até às 18h00 do dia 31 de agosto, o período de candidatura ao Prémio Nacional do Artesanato 2017.

As candidaturas, através de formulário próprio (em anexo) e restante documentação referida no Regulamento, devem ser enviadas por correio eletrónico para o endereço: premionacionalartesanato@iefp.pt

Este Prémio é uma iniciativa bienal do IEFP, esteve interrompido desde 2013 e surge agora completamente remodelado (ver Ficha Síntese e Regulamento em anexo), subdividindo-se em 6 categorias:

- Grande Prémio Carreira

- Prémio Inovação -

- Prémio Empreendedorismo Novos Talentos 

- Prémio Investigação 

- Prémio Promoção para Entidades Privadas 

- Prémio Promoção para Entidades Públicas Consoante a categoria,

poderão concorrer artesãos e unidades produtivas artesanais, investigadores, associações e entidades privadas e públicas sem fins lucrativos com intervenção na área do artesanato.

Para obter informações mais detalhadas ou esclarecer dúvidas: - Contacte o IEFP pelo telefone 300 010 001 (dias úteis das 8h às 20h)

“O Olhar do Pintor - O Monumento como motivo artístico”

A Ermida de Nª Sra de Guadalupe acolhe o projeto “O Olhar do Pintor – O monumento como motivo artístico”, que irá decorrer no domingo, dia 25 de junho, através de duas sessões de pintura ao ar livre : das 10h30m às 13h e das 15h às 17h30m.

A participação é dirigida a todos a partir dos 12 anos, ou dos 8 anos desde que acompanhado por um familiar, e não requer formação em pintura. Em cada sessão haverá uma abordagem à história do monumento, à função dos materiais e regras básicas da pintura a óleo.

Projeto concebido e realizado pela Artadentro - Arte Contemporânea - Associação, é destinado a todos aqueles que se interessem por pintura ao ar livre e tem como objetivo quebrar o preconceito da pintura como expressão plástica difícil e destinada apenas a alguns, promover a participação, a aprendizagem e a experimentação e proporcionar a criação da memória de uma experiência e de um lugar através de um novo olhar sobre o monumento e a sua envolvente.

Todo o material será disponibilizado gratuitamente pelos formadores/dinamizadores, os artistas plásticos Ana André e Vasco Vidigal, sendo a tela final propriedade de seu autor.

A participação é gratuita e requer inscrição prévia com indicação de nome, idade e contato telefonico para: artadentro@hotmail. com .

Esta é uma iniciativa do ciclo Mãos no DiVaM, do programa de Dinamização e Valorização dos Monumentos da Direção Regional de Cultura do Algarve, DiVaM 2017- Lugares de Globalização.

Contatos:
Direção Regional de Cultura do Algarve
E-mail: geral@cultalg.pt 
Telef. 289 896 070

________________________________

Fortaleza de Sagres
E-mail: fortaleza.sagres@cultalg.pt
Telef. 282 620 140

Candidaturas até 15 de Setembro

 

NOTA DE PESAR

O Ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, manifesta o seu pesar pela morte de Alípio de Freitas, jornalista e professor universitário, a quem reconhece o legado da luta pela Liberdade, a coragem da Resistência e o apoio a todos os movimentos pela emancipação e pela igualdade. Alípio de Freitas fez da sua vida inquieta um hino permanente de Resistência e de Revolução, em sintonia com o seu livro "Resistir é Preciso".

À família enviam-se sentidas condolências.

Cartaz“Concertos ao Entardecer” apresenta: Joana Barra Vaz 

Integrado no ciclo “Concertos ao Entardecer”, Joana Barraz Vaz irá apresentar o seu “Mergulho em Loba”, na Fortaleza de Sagres, no próximo dia 18 de junho, pelas 18horas.

Joana Barra Vaz divide o tempo entre a realização e a música e, desde o lançamento do EP "Passeio Pelo Trilho" em 2012, apresentou-se ao vivo como "flume" em várias salas do país, inclusivamente o Teatro São Luiz, a convite de Sérgio Godinho.

Em setembro de 2016 funda a plataforma artística e editora Bi-Du-Á cujo primeiro lançamento é o seu longa duração ”Mergulho Em Loba” (2016), produzido pela própria em conjunto com Luís Nunes e José Joaquim de Castro. Este projeto foi mostrado ao público no Teatro do Bairro, no festival Vodafone Mexefest, entre outros.

"Mergulho em Loba" existe num universo entre o folk e a electrónica. Composto entre 2012 e 2013, o disco é uma viagem sonora com canções que se sobressaltam sem paragens, em suites, convidando o ouvinte a fazer esse percurso e a sentir a urgência de chegar ao fim com uma resposta na ponta da língua ou no embalo da dança.

O projeto tem sido bem acolhido pela imprensa especializada, figurando no topo de várias listas de melhores discos do ano. Conta com a participação dos músicos Ricardo Jacinto, David Pires, David Santos, João Gil, Ana Nagy, Mário Amândio, Gabriel Correia e ainda Selma Uamusse, como voz convidada no tema "Tanto Faz".

Este é um projeto promovido pela Arquente – Associação Cultural e integrado no DiVaM - Dinamização e Valorização dos Monumentos 2017 - Lugares de Globalização – programa cultural da Direção Regional de Cultura do Algarve.

Contatos:

Direção Regional de Cultura do Algarve

E-mail: geral@cultalg.pt

Telef. 289 896 070

________________________________

Fortaleza de Sagres

E-mail: fortaleza.sagres@cultalg.pt

Telef. 282 620 140

 

Logo

Abertas as votações para o Orçamento Participativo 

Os cidadãos portugueses podem, desde o dia 7 de junho,  votar nos 600 projetos do Orçamento Participativo, que conta com três milhões de euros.

Os projetos de âmbito nacional e regional vão estar a votação nos próximos três meses. As propostas vencedoras são apresentadas em setembro.

Informe-se e vote aqui

Manuel AlegrePRÉMIO CAMÕES

O Ministro da Cultura saúda e felicita calorosamente o poeta Manuel Alegre, vencedor do Prémio Camões em 2017.

Marcada por um forte sentido do ritmo, da rima e da musicalidade, a sua obra destacou-se pelo seu papel de intervenção política no final da Ditadura, durante a Guerra Colonial e quando se agudizava a emigração para os países da Europa desenvolvida.

É toda essa mistura de dramas humanos, expectativas adiadas, frustrações coletivas, sentimentos de revolta e de alguma esperança nunca abandonada, que vem à superfície nos seus poemas.

Mais tarde, a poesia de Manuel Alegre destacou-se pela revisitação dos principais mitos da História de Portugal, manifestando uma “nostalgia da epopeia” (a expressão é de Eduardo Lourenço) em que muitos portugueses poderão rever-se.

A poesia de Manuel Alegre ganhou com o tempo uma consistência e uma dimensão que pôs em evidência a grande qualidade da sua expressão poética, para além da voz de combate pela liberdade e pela justiça que esta poesia foi para nós nos anos sombrios da Ditadura.

Cartaz«Diógenes Laércio e as vidas dos outros» - "Amatores in Situ"

Nas Ruínas Romanas de Milreu, dia 8 de junho (quinta-feira), às 18h, realizar-se-á uma palestra subordinada ao tema «Diógenes Laércio e as vidas dos outros», apresentada por Adriana Freire Nogueira, professora da Universidade do Algarve e investigadora do CIAC (Univ Algarve) e do CECH (Univ Coimbra).

Doutorada em Literatura e Cultura Clássicas, tem-se dedicado à receção da Antiguidade no mundo contemporâneo e à tradução de textos antigos. Atualmente dirige a Biblioteca António Rosa Mendes, da Universidade do Algarve, e coordena este ciclo de palestras Amatores in situ, promovido pela sua faculdade.

Diógenes Laércio escreveu, no séc. III d.C., em pleno mundo romano, sobre a vida e a obra dos filósofos ilustres que viveram num passado que distava de si mais de 600 anos. Para além das informações sobre a doxografia, é a esse livro que se vão buscar as anedotas, as bisbilhotices do diz-que-diz, as historietas, sobre cada um deles. Por exemplo, sobre Sócrates, conta: «Quando a mulher lhe disse: “Vais ser morto injustamente”, ele replicou: “E tu querias que o fosse justamente?”». É desta e de outras vidas que irá tratar esta palestra.

 

 

 

Contactos:

Direção Regional de Cultura do Algarve

geral@cultalg.pt

Telef. 289 896070

Vonvite

Cartaz“SONHAR EM SAGRES”  - Dia de Portugal de Camões e das Comunidades Portuguesas

A Direção Regional de Cultura do Algarve e a Santa Casa da Misericórdia de Vila do Bispo associam-se na organização da iniciativa “SONHAR EM SAGRES”, a realizar-se na Fortaleza de Sagres, pelas 16h, dia 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

Sagres, lugar mítico, finisterra de “lugares sonhados”, vive, na comunidade local, o Projeto “Eu Sonhava” organizado, promovido e implementado pela Santa Casa da Misericórdia de Vila do Bispo. “Eu Sonhava” tem como objetivo concretizar um sonho da vida dos seus utentes, motivando-os para conservar a esperança e a capacidade de sonhar até ao fim. Esses sonhos materializam-se, entre outros, na edição de um livro de poesia.

A iniciativa “Sonhar em Sagres” abraça este projeto, homenageando a Língua Portuguesa nas suas diversas expressões como a poesia, a literatura para a infância, os provérbios e os “sonhos” … em Sagres.

O programa inclui as apresentações do livro de poesia "Coleção de Epifanias/Colección de Epifanías" da autoria de Cláudio Guimarães dos Santos, poeta, artista plástico, diplomata e Vice-Consul do Consulado-Geral do Brasil em Faro e do livro para crianças “Na Cuca do Coqueiro” de Amanda Bittencourt, terapeuta da fala, escritora e ilustradora.

Segue-se a apresentação de Rui Soares, pedagogo e presidente da Associação Internacional de Paremiologia, com “O provérbio como espelho da língua portuguesa” evidenciando como este facilita a comunicação entre povos de culturas diferentes e funciona como um mediador intergeracional.

Armindo Vicente, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Vila do Bispo falará da “Importância das Instituições Sociais na Sociedade. Exemplo- Projeto “Eu Sonhava”, seguido de Poesias dos utentes/ idosos desta instituição.

A Academia de Música de Lagos encerrará esta sessão com um concerto.

Esta iniciativa é uma parceria com o Consulado do Brasil em Faro e a Associação Internacional de Paremiologia.

Conta com a colaboração da Câmara Municipal de Vila do Bispo e da Academia de Música de Lagos.

________________________________

Contactos:

Direção Regional de Cultura do Algarve

geral@cultalg.pt

Telef. 289 896070

_________________________________

Fortaleza de Sagres

fortaleza.sagres@cultalg.pt

Telef. 282 620140

CartazGLOOOBAL MAPS - Ruínas Romanas de Milreu

Dia 11 de junho, na Casa Rural das Ruínas Romanas de Milreu, pelas 17h30, terá lugar a inauguração da exposição e instalação GLOOOBAL MAPS.

Este projeto da Amarelarte – Associação Cultural e Recreativa, parte de um conjunto de exercícios utilizados na educação não formal por formadores internacionais, para abordar a temática da interculturalidade.

“Glooobal Maps” é uma exposição e instalação de mapas que transmitem diferentes olhares, perspectivas do mundo e do Algarve, mapas com idades, países, línguas, histórias e mapas “pessoais” de Milreu.

Durante a exposição, os visitantes terão a oportunidade de realizar uma atividade criativa surpresa, tendo, desta forma, um papel crucial na mesma.

Com conceito, pesquisa e instalação de Laura De Witte e Nicole Lissy, textos de Laura De Witte , tem como artistas convidados Ernesto Ceriz, Kristina Stocker e Simon Mendes. A criação e realização é um trabalho em parceria com a Cooperativa Mandacaru e a Uni-T Graz (Aústria) na criação de mapas.

A exposição estará patente de 11 de junho a 13 de agosto, de 3ª feira a domingo, no horário de abertura do monumento.

“Glooobal Maps “ é uma iniciativa do ciclo Globart DiVaM, do programa de Dinamização e Valorização dos Monumentos da Direção Regional de Cultura do Algarve, DiVaM 2017 – Lugares de Globalização.

 

Contactos:

Direção Regional de Cultura do Algarve

geral@cultalg.pt

Telef. 289 896070

FotografiaMensagem de pesar pela morte de Armando Silva Carvalho

Por ocasião do falecimento do poeta Armando Silva Carvalho (1938 – 2017), ocorrido, hoje, nas Caldas da Rainha, o Ministro da Cultura lamenta profundamente o acontecimento e vem associar-se ao luto da sua família e dos seus amigos.

Poeta surgido em 1965 com Lírica Consumível, o seu nome destacou-se como uma das vozes mais singulares da nossa literatura, tanto na poesia como na prosa, graças ao modo como consegue articular certas experiências do quotidiano e uma notável criatividade da linguagem, levando a que as emoções individuais sejam filtradas por um olhar lúcido e muitas vezes irónico sobre a realidade circundante. Fugindo a quaisquer escolas ou amarras que a situem, a poesia de Armando Silva Carvalho implica também uma dimensão circunstancial, oferecendo-nos um ângulo de visão muito pessoal sobre espaços físicos muito concretos, sem com isso perder a sua faculdade transfiguradora e o seu alcance universal.

cARTAZAlteração da data da iniciativa de 2 de junho

A sessão de apresentação dos trabalhos dos alunos da Escola Emiliano da Costa, de Estói, inseridos no projeto educativo “Saber Viver, Saber Sentir”, promovido pela Associação Internacional de Paremiologia, e inserido no DIVAM, foi alterada de 2 para 14 de junho, às 14.30h nas Ruínas Romanas de Milreu.

Os trabalhos criativos dos alunos, utilizando diversas técnicas, demoraram mais do que o previsto o que será um bom presságio para o seu sucesso.

Esperemos que os visitantes sejam surpreendidos.

Os Alunos pedem compreensão.

Cartaz«Hipácia de Alexandria na dramaturgia portuguesa»por Tatjana Manojlovic

Ruínas Romanas de Milreu | 1 de junho | 18h

A vida e herança de Hipácia de Alexandria inspirou Armando Nascimento Rosa para introduzir este tema no teatro português, com a sua peça A última lição de Hipátia (2004). Esta recriação dramática, num registo de teatro dentro do teatro, encena o último dia da vida da cientista ligando o mundo do séc. IV à contemporaneidade.

Tatjana Manojlovic, investigadora do CIAC e tradutora literária, é doutorada em Estudos de Teatro, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e licenciada em Literatura Comparada, pela Faculdade de Filologia da Universidade de Belgrado. Obras traduzidas para sérvio: O banqueiro anarquista e Carta da corcunda para o serralheiro de Fernando Pessoa, Ensaio sobre a lucidez e Levantado do chão de José Saramago.

Inserido no "Amatores in situ - O Mundo Antigo visto por aqueles que o amam" é um ciclo de palestras promovido pela Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve, sob a coordenação da Prof.ª Doutora Adriana Nogueira.

 

 

 

 

convite

Cartaz“Arqueologia em Portugal: Recuperar o Passado em 2016”

A Direção-Geral do Património Cultural organiza no próximo dia 3 de junho de 2017 o encontro com entrada livre, “Arqueologia em Portugal: Recuperar o Passado em 2016”, que decorrerá a partir das 10 horas, no Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa. 

Esta iniciativa é promovida pela Direção-Geral do Património Cultural, em parceria com as Direções Regionais de Cultura do Norte, Centro, Alentejo eAlgarve que também conta com a participação da Direção Regional da Cultura dos Açores.

Conscientes de que um dos deveres da tutela do património cultural é o da sensibilização e promoção das boas práticas para a salvaguarda, valorização e divulgação do património arqueológico, consideramos ser cada vez mais necessária uma atuação junto dos cidadãos no sentido de fomentar uma maior identidade patrimonial. 

A 2.ª edição deste encontro de divulgação científica dará continuidade à promoção e divulgação do conhecimento gerado pela investigação arqueológica, procurando sensibilizar o público em geral, através da apresentação de algumas das mais importantes intervenções e descobertas arqueológicas realizadas no território nacional durante o ano de 2016. 

De entre os cerca dos 1400 os trabalhos arqueológicos realizados em Portugal em 2016, serão apresentadas 13 comunicações a cargo dos arqueólogos responsáveis pelas várias intervenções, e será inaugurada junto à entrada do Museu Nacional de Arqueologia a exposição itinerante que poderá aí ser visitada até o dia 6 de agosto e que depois que percorrerá todo o país até meados do próximo ano.

Mestre Frederico Tátá Regala, da Direção Regional de Cultura do Algarve, será o arqueólogo que abordará o tema da Gruta da Companheira - Portimão, com Nuno Bicho, João Cascalheira,Célia Gonçalves,Tiago Fraga, Cristiana Simões, Tiago Dores e Joana Baço.

ConviteRecintos de Espetáculos de Natureza Artística e Direito de Autor - Colóquio

A Diretora Regional de Cultura do Algarve, Profª Doutora Alexandra Rodrigues Gonçalves, e o Inspetor-geral das Atividades Culturais, Dr. Luís Silveira Botelho de convidam V. Exas. para assistir ao colóquio dedicado ao tema “Recintos de Espetáculos de Natureza Artística e Direito de Autor”, a realizar no próximo dia 21 de junho de 2017, entre as 14h30m e as 16h30m.

No colóquio será feita uma apresentação sobre os recintos de espetáculo de natureza artística e questões ligadas ao direito de autor, onde serão abordadas as condições técnicas e de segurança que devem ser observadas neste tipo de recintos e questões de direito de autor associadas às formalidades legais a observar na execução pública de obras protegidas (musicais, cinematográficas etc).

A abertura será efetuada pela Senhora Diretora Regional de Cultura do Algarve e pelo Inspetor-geral das Atividades Culturais, seguindo-se a apresentação da Engenheira Noémia Salette Mendes, Arquiteta Joana Costa e Inspetor Superior Ricardo Hipólito, com espaço para debate e questões que pretendam colocar no final da apresentação.

Face à lotação limitada do recinto, agradecemos a confirmação obrigatória de presenças até dia 14 de junho de 2017 através: cristina.santos@cultalg.pt ou geral@cultalg.pt